Notícia
FUTEBOL
Jogadores do Corumbaense cobram posicionamento do clube sobre salários atrasados
10/05/2019

Fonte: Diario Corumbaense

As vésperas do segundo jogo pela Série D do Campeonato Brasileiro, o Corumbaense Futebol Clube vem enfrentando problemas financeiros e os atletas cobram um posicionamento do clube em relação aos dois meses de salários atrasados.

 

O Carijó da Avenida enfrentará a equipe do Sinop, domingo (12), às 16h, na casa do adversário em Mato Grosso e em entrevista ao Diário Corumbaense, dois atletas, que se dizem representantes do grupo, mas que preferiram não se identificar, disseram que a situação não está nada bem dentro do clube.

“Se a situação continuar, neste dia 10, são dois meses sem salário e isso não pode permanecer, pois temos nossos compromissos. Nem mesmo a responsável pela limpeza foi paga, bem como a equipe técnica. Esses dias cortaram a luz do clube e hoje cortaram a água. Realmente queremos uma posição concreta”, disse um dos jogadores.

“Temos família e contamos com o salário para pagar nossas contas e honrar os compromissos assumidos. Da maneira que está não dá para suportar, eles só ficam dando datas e chega no dia, não cumprem o que foi assumido. Vamos viajar e jogar esse confronto, pois já está em cima, agora, queremos que o clube se posicione de imediato, porque a torcida não quer saber se o salário está atrasado ou não, eles querem ver a gente jogando e essa situação que estamos enfrentando reflete no nosso trabalho dentro de campo e no andamento como um todo da equipe”, afirmou outro jogador que ainda completa que até o pagamento da roupeira também está em atraso. “Um dos salários menores é o dela e está atrasado".

O problema com salários atrasados não é recente. No Estadual 2019, mais precisamente nos jogos das quartas de final, os jogadores haviam protestado na semana que antecedia a partida contra o Comercial. Em decisão conjunta, eles não entraram em campo para treinar, faltando menos de três dias para aquela partida.

Patrocinadores também em dificuldades

O diretor financeiro do Corumbaense, Luiz Bosco Delgado, informou a este Diário, que na próxima semana, o clube deve pagar um salário aos jogadores, comissão técnica e demais funcionários. O segundo vencimento tem previsão de pagamento após o dia 20 de maio. Ainda de acordo com ele, o clube tem entre os dias 15 e 20 de cada mês para pagar os salários. 

Sobre o atraso, o dirigente afirmou que patrocinadores do clube também estão em dificuldades financeiras e estão atrasando os repasses. "Nós não temos outra receita senão o que é gerado pelo futebol", disse Bosco. Ele também confirmou que luz e água do clube foram cortados, mas as contas já foram quitadas. 

Deixe seu comentário
Comentário padrão, código aqui

Grupo Pantanal de Comunicação - Corumbá - MS